Para pensar junto

3 LIVROS PARA CONHECER MAIS SOBRE CLARICE LISPECTOR

por

Perto do centenário de Clarice Lispector, ando relendo trechos de seus romances e contos e revivendo muito do que aprendi com ela em outras publicações. Achei na minha biblioteca 3 livros que ajudam a mergulhar ainda mais na figura e na obra da autora que foi mestra em criar vidas contemplativas e narrativas existencialistas, temas que amamos por aqui! Aqui vai!

CLARICE LISPECTOR

Todos edições vintage compradas em sebos pela Internet e no Rio de Janeiro, onde morava na época em que me apaixonei pela autora. No próximo dia 10 de dezembro, começam as comemorações do centenário do seu nascimento e é claro como toda musa, ela parece estar mais perto agora do que nunca de quem ela sempre influenciou. Percebe isso?

clarice lispector

De Corpo Inteiro, editora Artenova, 1975. Uma coletânea de entrevistas que Clarice fez com diversas personalidades da cultura brasileia para a Revista Manchete. A autora que é uma das minhas preferidas trabalhou com jornalismo em muitos outros veículos e escreveu sobre assuntos variados, sempre com o seu olhar poético e atento aos detalhes, como se em cada instante, pausa, vírgula, tocasse num segredo precioso ou mesmo encontrasse a essência do seu objeto de atenção. Particularmente, amo a conversa com Clóvis Bornay, figura emblemática do Carnaval carioca que até hoje vive no meu imaginário.

clarice lispector

Clarice Lispector, de 1969, editor Organização Simões. O crítico literário Assis Brasil destrincha a obra da autora e destaca qualidades revolucionárias na sua linguagem como a habilidade de imprimir imagem poética em passagens extremamente emocionais e personagens construídos a partir de descrições que revelavam condições humanas e valores, apresentando assim uma dimensão mais profunda de cada um deles. Assis valoriza outros traços da obra de Clarice como o existencialismo e o sentimento místico e ainda prova como a autora atuava num mundo de percepção extra-sensorial, num registro de extrema sensibilidade.

Clarice em Cena, as relações entre Clarice Lispector e o Teatro, de André Luís Gomes, de 2007, editora UnB (Fundação Universidade de Brasília). O autor, mestre em Literatura Brasileira e diretor de Teatro, passeia por todas as principais produções cênicas que evocaram o universo da Clarice, entrevista atrizes que interpretaram a autora e suas principais personagens e fala das técnicas por trás das adaptações dos textos ficcionais de Clarice para o palco. Poucos sabem, mas a autora era apaixonada pelos espetáculos teatrais e chegou a escrever uma tragédia com o título A Pecadora Queimada e Os Anjos Harmoniosos.

Assine a nossa newsletter!

+ UMA TEORIA SOBRE A SINCRONICIDADE

Você pode também gostar de

Sem comentários

Deixe uma resposta