Para comer e beber

Uvas para a virada do ano e sempre!

uvas

Antes ou depois de pular 7 ondas do mar, comer uvas também faz parte de um ritual sincrético na virada do ano. A simpatia pede que à meia-noite ao menos uma uva verde seja ingerida, simbolizando prosperidade para o próximo ano. Para além desse momento, essas frutinhas tão doces e leves guardam segredos interessantes para a saúde. Sobre os seus benefícios, a Dra. Marcela Guimarães nos conta logo a seguir.

As uvas e suas propriedades

Na comemoração da virada do ano existem inúmeras superstições e algumas delas são relacionadas aos alimentos. É famosa a tradição de comer uvas no Réveillon. Por isso, vamos falar um pouquinho sobre essa fruta!

A uva é o fruto da videira (Vitis sp.), uma planta da família Vitaceae. A videira, também é conhecida com o nome de parreira. Além da fruta ser consumia in natura, é frequentemente utilizada para produzir suco, geleias, vinho e passas.

Em 100g e uva existe aproximadamente 70 calorias, possuindo na maior parte da sua composição carboidratos, sendo esses considerados de baixo a médio índice glicêmico, dependendo do tipo da uva. As uvas são ricas em fibras, o que ajuda no controle da constipação intestinal. Adicionalmente, é rica em vitaminas e minerais como a vitamina C, vitamina A, vitamina K e vitaminas do complexo B, ferro, cálcio, magnésio, potássio e cobre.

Além disso, as uvas são uma valiosa fonte de numerosos fitonutrientes, como as catequinas, as antocianinas, os polifenóis, os flavonoides e um dos mais estudados e conhecidos, o resveratrol. Esses ingredientes da uva têm mostrado promessa considerável na promoção da saúde e na gestão de doenças. Pesquisas recentes sugerem que o consumo de uvas pode ajudar na manutenção da saúde cardíaca, proteger contra o envelhecimento e doenças associadas ao envelhecimento, como as doenças neurodegenerativas e alguns tipos de câncer.

Com base nestes dados, fica claro que as uvas devem ser consideradas parte integrante das dietas enriquecidas com frutas e vegetais recomendadas pelas autoridades de saúde e amplamente aceitas como benéfico para a saúde humana e prevenção de doenças.

Portanto, não deixem para comer as uvas apenas na virada do ano!

Mesmo com todos esses benefícios, cabe lembrar que cada indivíduo responde de maneiras distintas e com necessidades específicas. Por isso, é fundamental um acompanhamento com um profissional para avaliar cada caso.

Referências

Franco, G. Tabela de Composição de Alimentos. 9ª Edição. São Paulo. Editora Atheneu, 2007.

Pezuzuto, JM. Grapes and human health: a perspective. J. Agric. Food. Chem, 27:56 (16): 6777-6784, 2008.

Singh, CK; Liu, X; Ahmad, N. Resveratrol, in its natural combination in whole grape, for health promotion and disease managment. Ann. NY. Acad. Sci, 1348 (1): 150-160.

Dra. Marcela Guimarães

Marcela é graduada em Nutrição pela UNIRIO, especialista em Nutrição Esportiva pela UFRJ, Mestre e Doutora em Neurociências pela UNIRIO e Pós-doutora pela Universidade de Oviedo, na Espanha. Agora, é colaboradora do nosso Cena Crua com suas pesquisas imperdíveis. Vejam também os posts: Os benefícios do tofu e suas formas de usoOs benefícios da tapioca e Os benefícios das nozes.

Para quem quiser se tirar dúvidas ou encontrar uma dieta específica: marcelarmg@gmail.com

+ Torta crua

+ Para comer e beber

Você pode também gostar de

error: