Arte/ Notinha crua

A Poesia e os Orixás

curso de literatura cultura afro

Inspiração ancestral que perfuma muitas de nossas expressões artísticas, mitos e divindades africanas são a matéria-prima do oriki, uma arte poética-musical presente nos cantos ritualísticos da umbanda e candomblé e nos livros. Essa tradição de origem iorubá é rica e repleta de histórias, em contato com ela a intuição e o imaginário do escritor afloram. Com todas essas ferramentas criativas, o workshop A Poesia e os Orixás, ministrado por Claudio Daniel, acontece em São Paulo.

Serão quatro encontros, no centro cultural b_arco, que fica em Pinheiros. Além das aulas, a programação do b_arco inclui exposições, o espaço tem um café delicioso, que é ponto de encontro de alunos e ex-alunos que se conectam durante um processo que muitas vezes dura a vida toda, como aconteceu comigo. No b_arco, conheci parceiros de trabalho e amigos importantes.

Seus workshops abraçam diversas áreas criativas como cinema, fotografia, moda, literatura, artes plásticas e outros. O espaço é como um paraíso na Terra para quem quer aprender, reciclar e expandir algum conhecimento. Vale a visita ao site (aqui) ou um pulo por lá para saber também sobre os próximos workshops agendados e ainda experimentar um pão de queijo delicioso, com sucos e cafés especiais, feitos de forma artesanal ainda por cima!

O workshop A Poesia e os Orixás

O oriki é uma composição poético-musical de origem iorubá que chegou ao Brasil com os primeiros africanos trazidos ao país como escravos no período colonial-monárquico. Por estar indissoluvelmente ligado ao imaginário e às formas religiosas iorubás, vamos descrever os principais orixás africanos, concepções espirituais, ritos e práticas litúrgicas, especialmente do grupo linguístico ketu, da Nigéria e do Benin. Ao longo do curso, além de discutirmos aspectos históricos, religiosos e mitológicos, faremos a leitura de vários orikis traduzidos do iorubá para o português por Antonio Risério, além de orikis escritos por poetas brasileiros contemporâneos, mostrando a atualidade desse gênero tão ligado à nossa história, sensibilidade e imaginário.

Sobre o Professor 

Claudio Daniel é doutor em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo (USP). Curador de Literatura e Poesia no Centro Cultural São Paulo entre 2010 e 2014. Colaborador da revista CULT. Editor daZunái, Revista de Poesia e Debates. Publicou os livros de poesia Sutra (1992), Yumê (1999), A Sombra do Leopardo (2001), Figuras Metálicas (2005), Fera Bifronte (2009), Letra Negra (2010), Cores para cegos (2012), Cadernos bestiais (2015), Esqueletos do nunca (2015), Livro de orikis (2015) e o livro de contos Romanceiro de Dona Virgo (2004). Como tradutor, publicou a antologia Jardim de camaleões, a poesia neobarroca na América Latina (2004), entre outros títulos. Em Portugal, publicou a antologia poética pessoal Escrito em Osso.

Datas

Dias 18 e 25 de março, 01 e 08 de abril e 08 a 29 de julho de 2017

Sábados, das 15h às 17h

Inscrições

Até 13 de março ou até acabarem as vagas, pelo site do b_arco ou telefone: (11) 3081-6986

Cronograma + informações no link: http://barco.art.br/a-poesia-e-os-orixas/

+ Para pensar junto

+ Vejam o filme Amazon Diary

Você pode também gostar de

error: